Fechar Janela

ND-04 Resumo

Estoques de Carbono e Nutrientes e Dinâmica da Água no Solo em Pastagens Abandonadas e Sistemas Agroflorestais na Amazônia Central

Erick C.M. Fernandes — World Bank (US-PI)
Elisa Wandelli — CPAA (Embrapa) (SA-PI)

Objetivos





Propomos estudos em três áreas temáticas

do LBA: “Dinâmica do Carbono”, “Dinâmica dos Nutrientes”e “Fluxos dos Gases

traços”. Treinamento de colaboradores brasileiros e estudantes de pós-graduação

também está sendo contemplado na proposta. Propomos avaliar os processos

biogeoquímicos dos solos de pastagens degradadas e em sistemas

agro-silvopastoral de seis anos de idade no sítio experimental da EMBRAPA –

CPAA, localizado a 54 km de Manaus ao longo da BR 174, e adjacente ao sítio de

florestas nativas do INPA. As pastagens degradadas têm solos argilosos

(argiloso, caolinítico, isohipertérmico, Xantico Hapludox)





Estoques de carbono:

Nossos dados preliminares de trabalhos recentes na Amazônia mostram aumentos

dramáticos no acúmulo de biomassa, tanto em espécies de árvores nativas e

exóticas como em espécies de gramas, com modestas adições de P e Ca nos solos.

Para avaliar estes efeitos dos nutrientes, mediremos o carbono total no sistema

(biomassa de madeiras, de herbáceas, detritos em queda e na superfície, raízes

e solos) em uma cronosseqüência (2 a 25 anos) de pastagens fertilizadas e não

fertilizadas. Medidas similares serão feitas em quatro, bem caracterizados

sistemas agro-silvopastoral (ASP- Agro-Silvo Pastoral) que foram estabelecidos

em pastagens degradadas. Análises de estoques e bolsões de carbono nos

fornecerão dados para modelos de previsão de crescimento secundário de

vegetação e da dinâmica do carbono, em função das intervenções de

gerenciamento.
 





Dinâmica dos nutrientes:

Mediremos os estoques e o ciclo de nutrientes e a dinâmica da água tanto em

pastagens (cronosseqüência e sistema ASP) fertilizadas como em não

fertilizadas. Embora o foco de nosso estudo esteja no papel do P e C como

limitantes de nutrientes, a necessidade para adição de nutrientes será baseada

em análises de níveis de nutrientes de solo e disponibilidade de nutrientes,

acopladas com projeções de produção e balanços de nutrientes para os sistemas.

Mediremos também: a) umidade do solo e temperatura de superfície e as

populações de fauna no solo (decompositores), b) características químicas

(lignina, celulos, polifenóis e outros nutrientes) no detritos, e c)

decomposição dos detritos e padrões de liberação de nutrientes em pastagens

fertilizadas e não fertilizadas e sistemas ASP. Esperamos obter um melhor

entendimento da resposta dos vários componentes dos decompositores as mudanças

no microclima, qualidade dos detritos e status dos nutrientes no solo e, deste

modo, melhorar nossa habilidade em prever taxas de decomposição e portanto,

padrões de liberação em diferentes pastagens e ASP.





Nossas medidas

de produtividade abaixo e acima do solo, conectadas a fatores físicos, químicos

e biológicos nos fornecerão informações sobre os processos que controlam a

dinâmica do carbono e dos nutrientes em pastagens abandonadas e sobre

alternativas de gerenciamento para reabilitar campos abandonados de pastagens.

A caracterização detalhada dos solos, vegetação, variáveis ambientais em nosso

sítio facilitará a extrapolação dos resultados para outros sítios.





Responsabilidades da Equipe Científica





  • John Duxbury : Carbono no solo e

    biogeoquímica

  • Erick Fernandes: Ciclo dos nutrientes,

    produtividade abaixo e acima do solo

  • Rogerio Perin: Pastagens gerenciadas

  • Neliton Silva: Fauna no solo e

    ecologia dos insetos

  • Wilhelmus Sombroek: Taxonomia e

    dinâmica dos nutrientes de solo

  • Susan Riha: Dinâmica da água e dos

    nutrientes e modelagem

  • Elisa Wandelli: Ecologia florestal e

    sucessão em florestas secundárias




Sítios Preferenciais





Esperamos trabalhar em pastagens

degradadas e abandonadas na região de Manaus e na estação experimental da

EMBRAPA-CPAA localizada ao longo da BR 174.





Atividades









  1. Seleção de cronosseqüências de

    pastagens: junho 1998 – agosto 1998




  2. Caracterização de cronosseqüências de

    pastagens: agosto 1998 – dezembro 1998




  3. Seleção de sítio para instalação de

    isntrumentação e facilidades de laboratórios: agosto 1998 – dez. 1998




  4. Medidas de produtividade,

    cronosseqüência de pastagens e sistemas ASP: setembro 1998 – dezembro 2000

    (Biomassa acima do solo, queda de detritos, núcleos de raízes, amostras de

    solos, bolsões de C nos solos)




  5. Análises da decomposição dos detritos,

    sistemas ASP e cronosseqüência de pastagens: set. 1998 – dez. 2000




  6. Fauna dos solo: dezembro de 1998 –

    dezembro 2000






Data da última atualização:

18 de maio de 1998.





 















última modificação: 04/18/02 08:59:16 AM


email de contato:

lbaeco-info@lba-email.gsfc.nasa.gov



responsável na NASA: Dr. Darrel Williams, Code 923


Declaração

Legal de Privacidade do website



da

NASA

Close Window